Por vingança, prefeitos derrotados descumprem Lei eleitoral no interior do Amazonas

Como já aconteceu nos município de Iranduba, Benjamin Constant, Tabatinga, Eirunepé e muitos outros do interior do Amazonas, agora foi a vez de Nova Olinda. O atual prefeito Joseias Lopes da silva demitiu em massa e reduziu em 25% o salário de todos os servidores da prefeitura.

O que fez com que os professores foram às ruas da cidade em protesto, além disso, recorreram ao Ministério Publico, para que fosse tomada uma providencia já que a demissão fere a Lei Eleitoral na qual não se pode contratar e nem demitir ninguém no período de 90 dias antes e depois das eleições.

Acatando o pedido dos manifestantes, a Juíza da comarca acatou os pedidos, e tomou a decisão de que todos voltassem aos seus cargos e ainda aplicou multa a atual administração.

(67)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}