Sidney Leite alerta para desequilíbrio fiscal no orçamento de 2017

Com um orçamento na ordem de R$ 14 bilhões prestes a ser votado pelo legislativo, referente a Lei Orçamentária Anual (LOA-2017), o deputado Sidney Leite (PROS) fez um alerta para o desequilíbrio fiscal entre custeio e investimento frente ao orçamento  do próximo ano. Na opinião do deputado, o Estado do Amazonas está esgotando todo seu orçamento para manter a máquina pública funcionando, sem capacidade de novos investimentos que possam melhorar a economia.

“O Amazonas tem um orçamento de fazer inveja a muitos estados da federação, porém, perdeu sua capacidade de investimento. O estado tem hoje uma receita muito elevada para se manter em funcionamento e não sobram recursos para investir, por exemplo, na interiorização da economia que atualmente está a mercê do Polo Industrial de Manaus”, declarou o deputado na Sessão Plenária desta terça-feira (20).

Sidney ponderou que os gastos com custeio precisam ser feitos com maior transparência, pois além de demandar praticamente toda receita, o Estado ainda precisa fazer empréstimo para suplementar esses gastos. “Aqui mesmo nós já aprovamos financiamento em torno de R$1 bilhão para custeio, em função da crise. Se esses gastos não forem tratados com mais atenção, continuaremos enfrentando crises nos setores como o da polícia civil, bombeiros e saúde”, disse o deputado, fazendo referência ao manifesto dos servidores da Polícia Civil, que estiveram na casa para cobrar o direito do pagamento escalonado da categoria.

(9)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}