Início DESTAQUE Mais do mesmo: Cristiano Ronaldo e Messi não trocam votos e privilegiam amizades
Mais do mesmo: Cristiano Ronaldo e Messi não trocam votos e privilegiam amizades

Mais do mesmo: Cristiano Ronaldo e Messi não trocam votos e privilegiam amizades

9
0

Entra ano, sai ano, e a eleição para melhor jogador do mundo segue com enorme demonstração de patriotismo e amizade por conta de alguns eleitores. Assim como na edição passada, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi não trocaram votos – nem para terceiro lugar –, privilegiando companheiros de clube.

Primeiro, uma rápida explicação: a única restrição é votar em si mesmo. Está liberado, por exemplo, eleger jogadores do mesmo país ou clube.

O júri foi composto por todos os técnicos e capitães das seleções masculinas (computados 303, sendo 152 dos treinadores e 151 dos atletas), um jornalista de cada país representado na Fifa (156 ao todo) e por torcedores registrados no site da Fifa. Cada um desses quatro grupos de votos teve o mesmo peso na eleição (25%).

(9)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *