Manaus na lanterna do empreendedorismo: Um posto que envergonha!

Por
Platiny Soares
O posto de pior cidade do Brasil para empreender, dado a Manaus na pesquisa da renomada Endeavor, Organização sem Fins Lucrativos que mede a capacidade de empreender das cidades, deveria envergonhar os Chefes do Executivo Estadual e Municipal.
 
Sem apresentar à população uma política clara de desburocratização, eles continuam a dificultar o pleno desenvolvimento da cidade, cuja malfadada burocracia insiste em atrasar o progresso.
 
Ser considerada a lanterna do ranking, onde 32 outras capitais foram avaliadas, mostra o quanto ficamos para trás, mesmo tendo potenciais pujantes nos mais diferenciados setores.
 
O preço dessa postura é caro, sendo pago pelas famílias mais carentes que sem oportunidades, incham os dados de envolvimento com a criminalidade e o ócio.
 
O que vemos, são as empresas ou os que tentam abrir novos negócios, impedidos de implantar ou mesmo diversificar suas atividades. 
 
A Prefeitura de Manaus tende a tratar o contribuinte, como um mero pagador de tributos, sem analisar que é preciso andar lado a lado, viabilizar uma estrutura eficiente e com menos papéis inacessíveis.
 

(21)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}