Prefeito de Envira, Ivon Rates, emite nota desmentindo matérias vinculadas na imprensa

Envira-Am

O prefeito do município de Envira (distante 1.216 km de Manaus) Ivon Rates, publicou na tarde desta terça (06), uma nota a imprensa em que esclarece matéria vinculada em alguns portais do amazonas na manhã desta terça-feira, segundo o Prefeito Ivon Rates, são acusações inverídicas, e não existe nenhum processo contra ele que envolva qualquer questão sobre falta de repasse do FUNDEB no município.

Ivon, também destacou que a  respeito do processo que tem como objeto a locação do imóvel onde está sediada a Prefeitura, pertence a terceiro e foi submetido à procedimento legal de licitação regular.

“Estou sendo vitima de uma grande perseguição de um grupo politico, que vem recebendo apoio de forças oculta em todas as esferas” disse Ivon Rates

 

Veja a Nota na Integra:

Nota de Oficial de Esclarecimento do Prefeito de Envira Ivon Rates 

Esclareço de público, em função de matérias veiculada na imprensa, que as acusações que estão sendo a mim imputadas serão submetidas ao contraditório e ampla defesa, através do devido processo legal, no qual a minha inocência restará provada.

Não existe processo judicial em curso que envolva qualquer questão de falta de repasse dos recursos do Fundeb, pois a Prefeitura Municipal já honrou com todos os compromissos e, inclusive, efetuou, em dezembro de 2017, o pagamento do abono aos professores.

E no que diz respeito ao processo que tem como objeto a locação do imóvel onde está sediada a Prefeitura de Envira, esclareço que o referido imóvel pertence a terceiro e foi submetido à procedimento licitatório com tramitação regular.

O imóvel em questão não pertence a mim nem a ninguém de minha família desde o ano de 2011, conforme documentos cartorários públicos da época.

A confiança na lei e na justiça me asseguram que todas as acusações serão julgadas improcedentes e a verdade, mais uma vez, triunfará.

Ivon Rates

(194)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}