Início AMAZONAS Guaraná de Maués: Prefeitura e produtores firmam acordo para o setor
Guaraná de Maués: Prefeitura e produtores firmam acordo para o setor

Guaraná de Maués: Prefeitura e produtores firmam acordo para o setor

24
0

A Prefeitura de Maués e a Associação de Produtores Rurais do município, distante 253 quilômetros de Manaus, firmaram na noite do dia  (7), compromisso para estruturar e fortalecer a cadeira produtiva do guaraná e ainda em 2018, iniciar de forma organizada o uso comercial do Registro de Indicação Geográfica (IG) do produto, conquistado em janeiro junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) após 10 anos de avaliação e pesquisas.

Segundo o prefeito de Maués, Junior Leite, o uso comercial seria na forma da criação de um selo para identificar apenas os produtos feitos com o guaraná produzido no município e a primeira ação definida para este fim é cadastrar todos os produtores para elaborar um plano de ações e projetos a serem realizados pelo Executivo e voltados a fortalecer a cadeia produtiva.

“A Indicação Geográfica do guaraná de Maués é uma conquista para o município e para todo o Amazonas. Nossa função é utilizar esse reconhecimento para agregar valor ao produto visando ampliar a renda dos agricultores e também gerar novos postos de trabalho no setor primário nas comunidades rurais, ribeirinhas e indígenas”, explicou Junior Leite.

Ainda de acordo com o prefeito, os aportes financeiros e investimentos na estrutura logística também fazem parte do planejamento, assim como a busca de apoio junto ao Governo do Estado e a União na busca por novos mercados.

“O guaraná de Maués já é conhecido e comercializado de forma em muitos lugares, mas com as propriedades únicas atestadas pelos estudos técnicos, acredito que podemos buscar muitos outros mercados, principalmente no Sudeste do País”, acrescentou o prefeito.

 

Indicação Geográfica   

        Após uma década de pesquisas em laboratórios, visitas técnicas de campo e entraves burocráticos, o guaraná produzido em Maués conquistou no dia 16 de janeiro o Registro de Indicação Geográfica (IG), emitido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), órgão vinculado ao Ministério da Indústria e Comércio.

Com a certificação – requerida pela Associação dos Produtores de Guaraná e que recebeu o apoio da Prefeitura de Maués apenas em 2017 – somente o produto cultivado e produzido pelos agricultores e famílias do município poderá ter seu nome associado, comercializado e denominado com qualquer referência a “Maués”, valorizando desta forma as características ambientais e biológicas da fruta que é nativa da região e cujos primeiros relatos de seu uso e consumo pelos índios Sateré Mawé remontam o século XVII.

“A criação do selo vai melhorar a renda dos produtores mas também vai garantir aos consumidores, principalmente de Manaus, que o produto que estão consumindo é seguro e de qualidade”, alertou Junior Leite.

(24)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}