Início BRASIL Reino Unido convoca Mark Zuckerberg para esclarecer vazamento de dados do Facebook
Reino Unido convoca Mark Zuckerberg para esclarecer vazamento de dados do Facebook

Reino Unido convoca Mark Zuckerberg para esclarecer vazamento de dados do Facebook

51
0

Uma comissão parlamentar britânica solicitou o comparecimento do fundador e presidente do Facebook, Mark Zuckeberg, para esclarecer o uso ilícito de informação pessoal de usuários da rede social supostamente empregado pela empresa Cambridge Analytica.

“Chegou o momento de escutar um alto executivo do Facebook com autoridade suficiente para explicar este grande fracasso”, disse Damien Collins, o deputado que preside o comitê, na convocatória dirigida a Zuckerberg.

“O comitê perguntou insistentemente ao Facebook como as empresas adquirem e retêm informação dos usuários, e em particular se pegam seus dados sem seu consentimento”, explicou Collins.

“As respostas de seus representantes” a essas perguntas “subestimaram consistentemente este risco e foram enganosas”, narrou o deputado.

O Facebook admitiu que algumas informações de seus usuários foram usadas sem seu consentimento, o que levou a uma queda no valor de suas ações. Após o pregão desta segunda-feira, o valor de mercado da empresa encolheu em US$ 37 bilhões.

Segundo a investigação realizada pelos jornais “New York Times” e “Observer” (a edição dominical do jornal britânico The Guardian), a Cambridge Analytica usou dados de milhões de usuários de Facebook. Com essas informações, a empresa teria criado um programa destinado a prever e influenciar o voto dos eleitores. Um dos clientes dela era o então candidato à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump.

O interesse nas atividades de Cambridge Analytica foi redobrado após a transmissão no domingo de um reportagem do Channel 4. Ela mostrava diretores da empresa dizendo a um jornalista, disfarçado como um potencial cliente, como desacreditar seus rivais políticos, envolvendo-os com prostitutas ou subornos.

Repercussão

Este é um dos maiores vazamentos de dados na história do Facebook. Além da queda na Bolsa, a revelação do acesso indevido de dados já provoca repercussões em outros campos. Legisladores britânicos e americanos pediram explicações à empresa. A procuradora-geral do estado de Massachusetts, Maura Healey, abriu uma investigação contra a empresa.

(51)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}