Agentes penitenciários fazem manifestação por reajuste salarial em Manaus

Um grupo de agentes penitenciários estaduais fez manifestação nesta segunda-feira (26), em frente à sede do Governo, no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus. Eles pediram por reajuste salarial, plano de cargos e carreiras além de ticket alimentação. Categoria deve ter uma reunião com o Governador em 15 dias.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado do Amazonas (Sinspeam), Rocinaldo Silva, a categoria não tem reajuste salarial há 25 anos. Pelo motivo, os agentes penitenciários decidiram se mobilizar e ir até a sede do Governo para mostrar a indignação.

Ele informou que a categoria pede por plano de cargos, carreiras e salários, ticket alimentação, no valor de R$ 600, 11% de data base, além do reajuste salarial de, no mínimo, 100%, após os 25 anos que não são contemplados.

“Viemos clamar por socorro para o senhor governador, pois estamos todo esse tempo sem reajuste salarial. O sistema penitenciário hoje se encontra falido. O sistema só tem olhos para uma terceirização que não dá certo. Estamos abandonados”, disse o presidente.

Durante a manifestação, o presidente se reuniu com o chefe da Casa Militar, Coronel Miguel Marinho. Após a conversa, ele apresentou as reivindicações feitas pela categoria.

O que o governo diz

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que a situação nas unidades prisionais de co-gestão: regime semiaberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj Semiaberto) e Centro de Detenção Provisória Masculino II (CDPM II), estão normalizadas e sem registro de ausência e/ou falta de agentes penitenciários de carreira da Seap.

A secretaria esclarece que o titular da pasta, coronel da Polícia Militar, Cleitman Coelho, vem se reunindo com a titular da Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead), Angela Bulbol de Lima, para tratar de demandas relacionadas aos agentes penitenciários de carreira no sistema prisional do Amazonas, que atualmente dispõem de um quadro de 65 agentes. Entre os pontos das reuniões estão o plano de cargos e carreiras dos agentes, tendo em vista os reajustes salariais para a categoria e o concurso público para novos agentes.

(34)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}