Santa Isabel do Rio Negro decreta “Emergência” por estiagem e Defesa Civil do Amazonas prepara a execução do plano de resposta ao desastre

 

O município de Santa Isabel do Rio Negro, localizado na região do Alto Rio Negro, é o segundo município da calha a decretar “Situação de Emergência” por conta da estiagem. O anúncio foi feito, nesta quinta-feira (29/3), pelo secretário do órgão, Fernando Pires Junior, durante o “Alerta de Cheia”, do Serviço Geológico do Brasil/CPRM.

“Nossos técnicos passaram quase dez dias na região do Alto Rio Negro avaliando a intensidade do desastre e orientando as prefeituras quanto às medidas burocráticas para o decreto de emergência, bem como o levantamento preciso das famílias afetadas”, disse.

O município registrou que 7.608 pessoas já estão afetadas pela estiagem, em pelo menos 67 comunidades. A Defesa Civil do Estado prepara a execução do plano de resposta ao desastre, que prevê apoio logístico para àquela região, que tem também população afetada na cidade de São Gabriel da Cachoeira, em “Emergência”, pelo mesmo fenômeno natural.

Alerta de Cheia– De acordo análise do o Serviço Geológico do Brasil/CPRM, a cheia do rio Negro, na região de Manaus, deve ser de magnitude intermediária, entre 27,45 a 28,15 m, 1,20 m abaixo da cheia de 2017.

O segundo alerta de cheia do órgão está previsto para o fim de abril e o terceiro e último, no fim de maio.

 

BALANÇO DA ENCHENTE 2018

-SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA: 01 MUNICÍPIO

  1. APUÍ (calha do Madeira)

-Famílias afetadas: 300 (Distrito de Sucundurí-100 km da sede de Apuí).

-A Defesa Civil do Estado enviou técnicos para avaliação e levantamento de necessidades.

ESTADO DE ALERTA: 05 MUNICÍPIOS

  1. HUMAITÁ (calha do Madeira)
  2. MANICORÉ (calha do Madeira)- Já contabiliza 327 famílias afetadas em 11 comunidades. Técnicos da Defesa Civil AM foram enviados ao município para avaliação.
  3. NOVO ARIPUANÃ (calha do Madeira)
  4. BORBA (calha do Madeira)
  5. NOVA OLINDA DO NORTE (calha do Madeira)

ESTADO DE ATENÇÃO: 12 MUNICÍPIOS

  1. BOCA DO ACRE (calha do Purus)
  2. PAUINÍ (calha do Purus)
  3. LÁBREA (calha do Purus)
  4. CANUTAMA (calha do Purus)
  5. TAPAUÁ (calha do Purus)
  6. BERURI (calha do Purus)
  7. GUAJARÁ (calha do Juruá)
  8. IPIXUNA (calha do Juruá)
  9. EIRUNEPÉ (calha do Juruá)
  10. ENVIRA (calha do Juruá)
  11. ITAMARATI (calha do Juruá)
  12. CARAUARI (calha do Juruá)

BALANÇO DA ESTIAGEM 2018

 

-MUNICÍPIOS EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA: 02

  1. SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA (calha do Alto Rio Negro)

Pessoas afetadas: 12.709

Comunidades: 09

  1. SANTA ISABEL DO RIO NEGRO (calha do Alto Rio Negro) NOVO                

Pessoas afetadas: 7.608

Comunidades: 67

-ESTADO DE ALERTA: 01 MUNICÍPIO

  1. BARCELOS (calha do Alto Rio Negro)

Assessoria de Comunicação 

(14)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}