Início ALEAM Audiência pública vai discutir situação dos trabalhadores da montagem industrial no Estado
Audiência pública vai discutir situação dos trabalhadores da montagem industrial no Estado

Audiência pública vai discutir situação dos trabalhadores da montagem industrial no Estado

34
0

No dia 20 deste mês, a Assembleia Legislativa do Amazonas vai discutir a situação dos trabalhadores do setor de montagem industrial, gasodutos, termelétricas e similares no Estado. A atividade é uma propositura da deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB), que está assumindo a defesa da categoria no âmbito do Poder Legislativo.

De acordo com Alessandra, a audiência pública terá a presença do Ministério Público do Trabalho, Ministério Público Federal, secretarias ligadas ao tema, entidades e empresas que trabalham na construção de grandes obras no Estado. Além disso, prefeitos de cidades como Coari, Carauari, Tefé e Manaus serão convidadas ao evento para conhecer a linha de atuação e os principais pleitos da categoria.

O movimento de trabalhadores luta para garantir a mão de obra especializada local nos empreendimentos em andamento e também em projetos prestes a sair do papel no Estado, como a usina termelétrica a gás que está sendo construída em Coari, município localizado a 363 quilômetros de Manaus. A estimativa é que mais de 3 mil trabalhadores desse segmento estejam desempregados no Estado.

“Essa audiência tem objetivo de dar visibilidade à luta desses trabalhadores que estavam invisíveis para as autoridades, mas que têm importância fundamental para o desenvolvimento e a melhoria da infraestrutura no  nosso Estado”, explicou Alessandra.

A audiência pública está prevista para acontecer no plenário Ruy Araújo. As entidades que representam a categoria calculam que pelo menos 300 trabalhadores compareçam à atividade do dia 20.

(34)

Paulo Apurinã Comentarista Político, Perito Criminalístico, Conselheiro das Cidades, Membro do Fórum Mundial Anti Corrupção e Secretário Nacional de Comunicação do Partido Nacional Indígena-PNI.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}