Início AMAZONAS Aleam aprova em regime de urgência reajuste salarial de 24,91% dos servidores da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc)
Aleam aprova em regime de urgência reajuste salarial de 24,91% dos servidores da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc)

Aleam aprova em regime de urgência reajuste salarial de 24,91% dos servidores da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc)

178
0

A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) aprovou em regime de urgência e por unanimidade o reajuste salarial de 24,91% dos servidores da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc). O projeto apresentou voto favorável de 18 deputados. O aumento contempla professores, administrativos, merendeiras e vigias. Os professores aceitaram a proposta, mas afirmaram que a greve continua.

Segundo o relator do projeto de lei, o deputado e professor Sinésio Campos (PT), o projeto de lei recebeu uma emenda coletiva dos parlamentares que antecipou o pagamento da última parcela de março para janeiro de 2019, aprovado na segunda sessão extraordinária desta sexta-feira (6).

“Se não fosse aprovado hoje, os percentuais que estão sendo colocados aqui (o reajuste) poderia ficar em 4% e isso é um prejuízo para a categoria. Foi o que conseguimos e acredito que é um avanço para categoria. Os percentuais de estão assegurados inclusive para os profissionais que estão indo para a inatividade (aposentados)”, explicou Sinésio.

Votaram favoráveis ao projeto de lei 18 deputados: Abdala Fraxe (Podemos), Adjuto Afonso (PDT), Alessandra Campêlo (MDB), Belarmino Lins (PP), Cabo Maciel (PR), Carlos Alberto (PRB), Dermilson Chagas (Sem partido), Dr Gomes (PV), Orlando Cidade (PRP), Ricardo Nicolau (PSD), Sabá Reis (PR), Serafim Corrêa (PSB), Sidney Leite (PSD), Sinésio Campos (PT), Vicente Lopes (sem partido), Wanderley Dallas (ex-MDB), David Almeida (PSB) e Josué Neto (PSD).

 

 

Fonte: BDC Notícias

(178)

Paulo Apurinã Comentarista Político, Perito Criminalístico, Conselheiro das Cidades, Membro do Fórum Mundial Anti Corrupção e Secretário Nacional de Comunicação do Partido Nacional Indígena-PNI.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}