Belão destaca força do PP para ajudar mais o Estado em Brasília

Dono das pastas de Agricultura, Cidades e Saúde na Esplanada dos Ministérios em Brasília, o PP (Partido Progressista) é a nova casa política do deputado estadual Belarmino Lins, 2º Vice-Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM). “Eu fiz minha opção pelo PP por conta da musculatura do partido, que detém três ministérios no Governo Michel Temer, além da Caixa Econômica Federal, nos dando melhores instrumentos para ajudarmos o nosso Estado”, aponta o parlamentar, justificando sua passagem para a nova sigla juntamente com o seu irmão, o deputado federal Átila Lins.

Com a ficha de filiação abonada pelo ex-vice-governador Francisco Garcia, Belão se diz “muito feliz” na nova sigla, depois de militar durante dois anos no PROS (Partido Republicano da Ordem Social) e ter passado pelo PFL, PTB, PPS e PMDB. “No PP desfruto da amizade e do companheirismo da ex-superintendente da Suframa, Rebecca Garcia, e do doutor Francisco Garcia, dois líderes brilhantes, com os quais eu e o meu irmão Átila estamos somando e trabalhando a partir de agora”, expressa.

Ao longo de seus 28 anos de vida pública, Belarmino Lins exerceu a Presidência da Aleam em três períodos (2005-2006, 2007/2008 e 2009/2010). Está no sétimo mandato consecutivo no Parlamento Estadual e deverá disputar a reeleição nas eleições deste ano. Já o irmão, Átila Lins, exerceu quatro mandatos de deputado estadual e está em seu sexto mandato na Câmara Federal.

Disposto a encarar a disputa pelo seu sétimo mandato federal, Átila aposta no crescimento do PP no País após o fechamento da janela partidária neste sábado (7). “Hoje, o PP possui a segunda maior bancada da Câmara dos Deputados, somando 52 parlamentares, atrás do PT, que tem 57, e à frente do PSDB, com 47, e do MDB com 44. Mas, acredito que os novos números depois da janela apontem o crescimento do PP”, afirma Átila.

(24)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}