Monopólio de vistoria veicular com aval do Detran pode virar alvo de investigação na Aleam

Após ter conhecimento de que, funcionários do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (DETRAN-AM) estariam direcionando a Visnorte Empresa de Vistorias LTDA, como a única apta a fazer serviços de vistoria veicular no estado, o deputado estadual Platiny Soares (PSB) anunciou que, vai convocar o diretor-presidente do órgão para prestar esclarecimentos na Assembleia Legislativa do Estado (ALEAM).

Platiny teve acesso a imagens por pessoas atendidas no Detran, e que compravam a indicação que indica que o monopólio da Visnorte conta com a anuência da cúpula do órgão, uma vez que os próprios funcionários ignoram que o serviço também pode ser feito pela empresa Manaus Vistoria.

O deputado ressaltou que, a empresa Manaus Vistoria está sendo ameaçada de ter seu credenciamento suspenso, o que reforça interesse em manter o monopólio da Visnorte. “O Detran após ter autorizado e credenciado a Manaus Vistoria a fazer o mesmo serviço, até então, exclusivo da Visnorte,
tenta criar obstáculos, o que é no mínimo estranho”, disse Platiny.

Suspeição

De acordo com o Diretor Administrativo e financeiro da Manaus Vistoria, Estevam Hofstetter, o grupo foi surpreendido na última terça-feira (15) com uma notificação do Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Amazonas (Detran-AM), onde o órgão solicita a apresentação de novos documentos a serem anexados ao processo de credenciamento, sob pena do seu cancelamento em um prazo de 15 dias, após a data de notificação.

“É clara e notória a intenção de prejudicar a permanência da Manaus Vistoria no mercado do Amazonas. Nos apresentamos como interessados em participar do processo aberto pelo Detran, nos credenciamos de maneira legal, obedecendo tudo que nos foi interposto. Estamos em plenas atividades, e agora fomos surpreendidos com solicitações que consideramos absurdas, já que são praticamente impossíveis de serem obedecidas”, avaliou Estevam Hofstetter.

Entre as novas exigências estabelecidas pelo Detran, na portaria nº 1606/2018, divulgada no Diário Oficial do Estado, no dia 2 de Maio e assinada pelo Diretor-Presidente do órgão, Vinicius Diniz Souza dos Santos, está a apresentação de Atestado de Capacidade Técnica, emitido por órgão Executivo de Trânsito, atestando que a empresa emitiu Laudos de Vistorias referentes a qualquer dos serviços prestados, até o dia 23 de março deste ano.

A solicitação conforme apontou Estevam Hofstetter, é no mínimo insana, pois a empresa começou suas atividades no mês de Abril, e no período requerido pelo Detran, apenas a Visnorte atuava no mercado.

Também estão sendo exigidas pelo Detran, um Seguro de Responsabilidade Civil Profissional e o Certificado de ISSO 9001:2008, validados por seguradora de origem amazonense.

(88)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *