Deputado Federal Átila Lins repudia redução de incentivos fiscais concedidos ao polo de concentrados de bebidas da Zona Franca de Manaus

O deputado federal Átila Lins se manifestou publicamente contra a medida adotada pelo governo Michel Temer que reduz fiscais concedidos ao polo de concentrados de bebidas da Zona Franca de Manaus. O decreto faz parte das medidas adotadas para por fim à greve dos caminhoneiros.

Os concentrados são utilizados na fabricação de todos os refrigerantes e cervejas no país. “Retirar incentivos dos investidores da Zona França não é o caminho. Essa medida pode afastar empresários e acabar com postos de trabalho dos amazonenses”, disse Átila.

A redução dos incentivos se deu por meio de um decreto editado pelo presidente Michel Temer e publicado em edição extraordinária do Diário Oficial da União, na noite do dia 30 de maio, quarta-feira.

As empresas do Polo Industrial de Manaus são isentas de IPI e geral crédito de 20% na venda do produto para empresas de outras regiões do país. Quando quem comprava o produto da ZFMo revendia, tinha esse crédito de 20% e só pagava 20% sobre o que agregava. Com o decreto de Temer, o comprador vai ter crédito de 4% sobre o valor da compra e débito de 20% sobre o valor da venda.

(20)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}