Deputado Sidney Leite apoia produtores rurais do Amazonas e pede melhorias ao segmento

No dia em que se comemora o Dia do Produtor Rural (25), o deputado estadual Sidney Leite (PSD) pede melhorias e incentivos do Governo Estadual, no sentido de valorizar e fomentar a agricultura local, durante evento em que reuniu produtores rurais e empresários do setor.

O parlamentar informou números que mostram a realidade do segmento na nossa região. “A atividade da agropecuária representa hoje em torno de 7% a 8% do PIB da economia do Estado. Ao longo do tempo, nós não tivemos esse segmento como uma prioridade, enquanto política de desenvolvimento”, citou.

O produtor rural Edmar Fisola, com 20 anos de experiência no setor, destacou a falta de organização dos agricultores, no sentido de buscar melhorias para classe. “Não estamos organizados suficientemente para mudar e implementar alguns programas que são necessários para nossa melhoria profissional. Torcemos para ter um representante político com quem possamos ter um diálogo mais próximo, apresentando leis voltadas ao setor primário”, desabafou.

Já o empresário do setor , Augusto Salla (Risadinha), ressalta a importância de parcerias entre empresários, produtores rurais e governo estadual, com o objetivo de oferecer produtos de qualidade e tecnologia avançada ao produtor.

“É muito difícil produzir no nosso Estado, pois temos muitas barreiras. Os incentivos do governo precisam ser maiores. Espero que os novos governantes olhem para nós e nos ajudem através de financiamentos, afinal precisamos trazer muitos produtos e insumos de fora, o que aumenta o custo através de fretes caros”, contou.

Sidney Leite é autor da Emenda à Constituição Estadual do Amazonas de número 05/2017, que torna fixo um valor a ser investido no setor primário, destinando ações relativas à política agropecuária, pesqueira e florestal e percentual mínimo de 3% das suas receitas correntes.

“Acredito que se trabalharmos com a adoção de novas tecnologias, mecanização e correção do solo, estruturação da assistência técnica, bem como a garantia do escoamento da produção e da agroindústria, teremos um salto significativo e muitos motivos para comemorar”, destacou.

Com propostas e incentivos adequados, O parlamentar acredita também que é possível alavancar o segmento e trazer dignidade ao produtor.

“Eu acredito que, em quatro anos, o Estado do Amazonas possa saltar de um para dois dígitos, no PIB da economia, focando na atividade da agropecuária e, com isso, gerar emprego e renda”, concluiu.

(26)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}