Principais destaques do último dia das convenções no AM – AM HOJE
Início AMAZONAS Principais destaques do último dia das convenções no AM
Principais destaques do último dia das convenções no AM

Principais destaques do último dia das convenções no AM

180
0

Eleições 2018

Os principais nomes já foram definidos com algumas surpresas na reta final confira:

Partido – PDT

Amazonino Mendes  
PDT confirmou candidatura de Governador Amazonino Mendes à reeleição e terá como vice Rebecca Garcia, do PP. Conseguiu atrair para o seu grupo o PR, do deputado federal Alfredo Nascimento, que concorrerá a uma vaga no Senado e o outro candidato ao Senado na chapa de Amazonino é Hissa Abrahão (PDT) que abriu mão da disputa da reeleição a câmara federal.

Com a confirmação de Alfredo Nascimento, acompanham na coligação partidária o ex-deputado Marcelo Ramos, que concorre a vaga de deputado federal, e o deputado estadual Sabá Reis, um dos mais críticos oposicionistas do atual governo e também o deputado Cabo Maciel.

A grande surpresa na fase de convenções ficou por conta do presidente da Câmara de Manaus Eleito eleito por duas vezes por Arthur Neto, Wilker Barreto que traiu o prefeito e se aliou a Amazonino neste domingo. Levou com ele o vereador Marcel Alexandre, ex-líder de Arthur e candidato a deputado federal da Igreja da Restauração. Também neste domingo, Amazonino também fechou com o PTB de Reizo Castelo Branco, que vai concorrer a uma vaga de deputado federal e Vera castelo Branco a deputada Estadual.

Com fortes nomes na disputa pela ALE, também estão na coligação de Amazonino o PV e o PPS, entre outras legendas menores.

Partido – PSD

Omar Aziz

O senador fez no sábado um grandioso evento para lançar sua candidatura ao governo. Tem o apoio do PSDB do prefeito Arthur Neto, que indicou o filho o deputado federal Arthur Bisneto para compor a chapa como vice. E portanto vai contar com o apoio da maquina da prefeitura municipal de Manaus. O candidato ao senado também é tucano: Plínio Valério. O outro senador da coligação só deve ser conhecido nesta segunda, já que Pauderney Avelino, do DEM, recuou da candidatura e vai disputar à reeleição de deputado federal.

Outro partido que coligou com Omar foi o PRB, do deputado federal Silas Câmara, que busca a reeleição. Silas traz consigo a força das igrejas Assembleia de Deus e da Universal, duas das maiores do Estado.

 

Partido PSB
David Almeida

Presidente da Assembleia, David conseguiu fechar aliança com o PT  e o seu vice-governador que será o advogado Jorge Guimarães, que foi secretário municipal na gestão de Serafim Correa (PSB). Com a aliança com o Partido dos Trabalhadores, fechada apenas neste domingo, após muito diálogo durante convenção.

David ganhará mais tempo de televisão e tentará manter a segunda colocação na disputa – conforme as pesquisas apontam até agora. Francisco Praciano, que era assediado para a vaga de vice, não topou e tenta disputar uma vaga ao Senado, já o deputado José Ricardo vai disputar uma vaga de deputado federal, aonde segundo avaliação do partido tem uma vaga garantida.

Serafim concorrerá à reeleição de deputado estadual enquanto seu filho, Marcelo Serafim tenta voltar à Câmara Federal.

Uma das vagas para o senado na chapa de David Almeida e do vereador e ex-deputado estadual Chico Preto.

O partido Podemos também esta aliançado com o David.

Partido – PSC

Wilson Lima

O apresentador de TV não fez novas alianças nos últimos dias de convenção. Ele será o candidato do PSC e terá como vice o defensor público Carlos Almeida. O deputado estadual Luis Castro, da Rede, abriu mão da reeleição e vai disputar uma vaga no Senado.

 

Partido – MDB
O senador Eduardo Braga vai disputar a reeleição com uma chapa ‘camarão’, sem candidato ao governo. O partido, que já foi o mais forte do Amazonas, hoje tenta reeleger Braga senador, Gedeão Amorim deputado federal e Alessandra Campelo deputada estadual. O MDB negociou com Amazonino e Omar, mas decidiu sair sozinho em sua convenção no último sábado. A legenda, no entanto, deve ter papel importante no segundo turno das eleições.

Partido – PCdoB
A senadora Vanessa Grazziotin vai disputar a reeleição sem aliança com nenhum candidato ao governo. Ela esteve perto de fechar chapa com David Almeida e Omar Aziz, mas não conseguiu alinhamento com os dois. Vanessa tem apoio da presidência nacional do PT devido ao trabalho de defesa dos ex-presidentes Lula e Dilma e tenta sustar a candidatura de Francisco Praciano pelo partido dos Trabalhadores. O marido dela, Eron Bezerra, volta a disputar uma vaga de deputado estadual.

(180)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}