Principais destaques do último dia das convenções no AM

Eleições 2018

Os principais nomes já foram definidos com algumas surpresas na reta final confira:

Partido – PDT

Amazonino Mendes  
PDT confirmou candidatura de Governador Amazonino Mendes à reeleição e terá como vice Rebecca Garcia, do PP. Conseguiu atrair para o seu grupo o PR, do deputado federal Alfredo Nascimento, que concorrerá a uma vaga no Senado e o outro candidato ao Senado na chapa de Amazonino é Hissa Abrahão (PDT) que abriu mão da disputa da reeleição a câmara federal.

Com a confirmação de Alfredo Nascimento, acompanham na coligação partidária o ex-deputado Marcelo Ramos, que concorre a vaga de deputado federal, e o deputado estadual Sabá Reis, um dos mais críticos oposicionistas do atual governo e também o deputado Cabo Maciel.

A grande surpresa na fase de convenções ficou por conta do presidente da Câmara de Manaus Eleito eleito por duas vezes por Arthur Neto, Wilker Barreto que traiu o prefeito e se aliou a Amazonino neste domingo. Levou com ele o vereador Marcel Alexandre, ex-líder de Arthur e candidato a deputado federal da Igreja da Restauração. Também neste domingo, Amazonino também fechou com o PTB de Reizo Castelo Branco, que vai concorrer a uma vaga de deputado federal e Vera castelo Branco a deputada Estadual.

Com fortes nomes na disputa pela ALE, também estão na coligação de Amazonino o PV e o PPS, entre outras legendas menores.

Partido – PSD

Omar Aziz

O senador fez no sábado um grandioso evento para lançar sua candidatura ao governo. Tem o apoio do PSDB do prefeito Arthur Neto, que indicou o filho o deputado federal Arthur Bisneto para compor a chapa como vice. E portanto vai contar com o apoio da maquina da prefeitura municipal de Manaus. O candidato ao senado também é tucano: Plínio Valério. O outro senador da coligação só deve ser conhecido nesta segunda, já que Pauderney Avelino, do DEM, recuou da candidatura e vai disputar à reeleição de deputado federal.

Outro partido que coligou com Omar foi o PRB, do deputado federal Silas Câmara, que busca a reeleição. Silas traz consigo a força das igrejas Assembleia de Deus e da Universal, duas das maiores do Estado.

 

Partido PSB
David Almeida

Presidente da Assembleia, David conseguiu fechar aliança com o PT  e o seu vice-governador que será o advogado Jorge Guimarães, que foi secretário municipal na gestão de Serafim Correa (PSB). Com a aliança com o Partido dos Trabalhadores, fechada apenas neste domingo, após muito diálogo durante convenção.

David ganhará mais tempo de televisão e tentará manter a segunda colocação na disputa – conforme as pesquisas apontam até agora. Francisco Praciano, que era assediado para a vaga de vice, não topou e tenta disputar uma vaga ao Senado, já o deputado José Ricardo vai disputar uma vaga de deputado federal, aonde segundo avaliação do partido tem uma vaga garantida.

Serafim concorrerá à reeleição de deputado estadual enquanto seu filho, Marcelo Serafim tenta voltar à Câmara Federal.

Uma das vagas para o senado na chapa de David Almeida e do vereador e ex-deputado estadual Chico Preto.

O partido Podemos também esta aliançado com o David.

Partido – PSC

Wilson Lima

O apresentador de TV não fez novas alianças nos últimos dias de convenção. Ele será o candidato do PSC e terá como vice o defensor público Carlos Almeida. O deputado estadual Luis Castro, da Rede, abriu mão da reeleição e vai disputar uma vaga no Senado.

 

Partido – MDB
O senador Eduardo Braga vai disputar a reeleição com uma chapa ‘camarão’, sem candidato ao governo. O partido, que já foi o mais forte do Amazonas, hoje tenta reeleger Braga senador, Gedeão Amorim deputado federal e Alessandra Campelo deputada estadual. O MDB negociou com Amazonino e Omar, mas decidiu sair sozinho em sua convenção no último sábado. A legenda, no entanto, deve ter papel importante no segundo turno das eleições.

Partido – PCdoB
A senadora Vanessa Grazziotin vai disputar a reeleição sem aliança com nenhum candidato ao governo. Ela esteve perto de fechar chapa com David Almeida e Omar Aziz, mas não conseguiu alinhamento com os dois. Vanessa tem apoio da presidência nacional do PT devido ao trabalho de defesa dos ex-presidentes Lula e Dilma e tenta sustar a candidatura de Francisco Praciano pelo partido dos Trabalhadores. O marido dela, Eron Bezerra, volta a disputar uma vaga de deputado estadual.

(181)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}