Polícia Civil prende motorista de micro-ônibus procurado por homicídio doloso cometido em 1999, no estado de São Paulo

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), sob o comando do delegado Juan Valério, diretor da unidade policial, cumpriu na manhã de quinta-feira (16/8), por volta das 10h, em via pública, no núcleo oito do bairro Cidade Nova, zona norte, carta precatória para cumprimento de mandado de prisão preventiva por homicídio doloso em nome do motorista de micro-ônibus Antonio Mendes de Souza, 51, conhecido como “Ceará”.

De acordo com a autoridade policial, o infrator é autor de caso de homicídio que teve como vítimas Kleber Alexandre da Silva, Ana Lucia Damasceno da Silva, Jennifer Damasceno da Silva e Ivo Felix, ocorrido no dia 8 de março de 1999, no estado de São Paulo. Juan Valério explicou que o infrator foi preso pela equipe do DRCO no momento em que estacionava um micro-ônibus, de propriedade dele, na estação final, onde ficava o veículo.

“Nós conseguimos localizar o micro-ônibus que ele usava como alternativo. Após a localização do carro, realizamos campana e quando ele chegou para estacionar, nós o abordamos. Depois que confirmamos a identificação dele, nós o trouxemos para a base do DRCO, nas dependências da Delegacia Geral”, declarou Valério.

O delegado enfatizou que Antonio está morando em Manaus há oito anos. O mandado de prisão preventiva em nome de “Ceará” foi expedido no dia 13 de maio de 2002, pelo juiz Rui Porto Dias, da 1ª Vara do Tribunal do Júri da cidade de São Paulo.

Antonio será encaminhado à Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP), em Manaus, para que sejam realizados os procedimentos legais em torno do caso.

(6)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *