Jovem é sequestrada e degolada no bairro da União

Uma jovem foi sequestrada por grupo quando ia para a igreja e decapitada em área de mata no bairro da União, na Zona Centro-Sul de Manaus. O crime ocorreu na noite de domingo (2). Dois homens foram presos suspeitos de participar do assassinato. O corpo da vítima foi enterrado em pé em uma área de mata.

A Força Tática recebeu denúncia de que uma jovem tinha sido levada à força por um grupo de sete homens para a área de mata. Uma equipe se deslocou até local e se deparou com os suspeitos. Houve troca de tiros e um dos homens foi capturado no local. Outro foi preso depois, e cinco ainda estão foragidos.

Os policiais militares localizaram o ponto onde o corpo da vítima havia sido enterrado. A Polícia Civil e peritos do Departamento de Polícia Técnico-Científico (DPTC) foram até local para coletar dados para o inquérito policial que investigará o homicídio.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para auxiliar no resgate do corpo que estava enterrado em área de mata as margens de um igarapé, localizada atrás de uma universidade privada. Por volta das 23h47, a equipe dos Bombeiros prestou apoio a Polícia Civil no sentido de realizar uma escavação.

Segundo os bombeiros, o corpo foi encontrado decapitado, mas a cabeça estava junto ao corpo. O cadáver foi entregue ao Instituto Médico-Legal (IML) e encaminhado a sede do órgão para os procedimentos de identificação oficial. A vítima não portava documentos e não tinha sido identificada até início da manhã desta segunda-feira (3). A jovem aparenta ter até 25 anos de idade e é morena.

Os homens presos foram levados para o 12° Distrito Integrado de Polícia (DIP). Um dos suspeitos teria confessado para a polícia o crime. Com ele, foi encontrado uma pá usada para enterrar a jovem.

Uma das possíveis motivações do crime é a que vítima seria “olheira” de uma facção rival. A hipótese será apurada pela Polícia Civil.

Atualmente, o bairro da União é um dos bairros mais perigosos da capital e tem uma presença expressiva de criminosos de uma facção do Sudeste do Brasil.

Fonte: G1

(296)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}