”Um novo Amazonas é possível”, afirma Sidney Leite no Alto Solimões e Juruá

“Um novo Amazonas, com mais educação, saúde, além de emprego e renda, principalmente para as pessoas que moram no interior do Estado, é possível com o desenvolvimento de um setor primário forte e sustentável e com representantes comprometidos com o nosso povo”. Com esta mensagem de esperança e de união entre os amazonenses, o candidato a deputado federal Sidney Leite (PSD) percorre esta semana, as regiões do Alto Solimões e do Juruá, em reuniões e encontros com a população.
Em Carauari (a 788 quilômetros de Manaus), Sidney participou do encontro de entidades de pequenos produtores rurais e pescadores da região e explicou como reduzir os alarmantes índices sociais que indicam que 49% de amazonenses que vivem na pobreza e que um terço da população do Estado está em situação de miséria.


“Todos os anos, milhões são gastos com festas. Como deputado estadual aprovei a emenda que garante, a partir de janeiro de 2019, um investimento de R$ 450 milhões para os produtores rurais do Amazonas. Mas é preciso mais. Por isso no Congresso Nacional vou brigar por mais recursos para melhorar a economia e também para educação, saúde e segurança porque não podemos mais aceitar um Estado onde bandido faz festa e a população vive aprisionada”, acrescentou Sidney Leite, em reunião com líderes comunitário do município de Itamarati (985 quilômetros da capital).
A visita aos municípios da região do Juruá e do Alto Solimões prossegue nesta quinta-feira (27), em Eirunepé, onde Sidney Leite participa de carreatas e reuniões na qual apresentará para profissionais da Educação, projetos para a melhoria e ampliação de investimentos no setor, como o reajuste de 20% no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) para o Amazonas.
Ainda esta semana também já estão confirmadas as visitas aos municípios de Tabatinga, São Paulo de Olivença e Santo Antônio do Içá, onde Sidney Leite irá se reunir com a Associação de Agricultores, no bairro Planalto, para debater projetos e investimentos para o setor.

(12)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}