“Estatuto da Pessoa com Câncer é questão de solidariedade humana”, diz Belarmino

De forma unânime, a Assembleia Legislativa aprovou, na manhá desta quarta-feira (10), projeto de autoria do deputado estadual Belarmino Lins (PP) instituindo o Estatuto da Pessoa com Câncer no Estado do Amazonas. O projeto, segundo o parlamentar, vai assegurar prioridade de atendimento aos pacientes no Sistema Único de Saúde (SUS).
“O Estatuto é uma questão de respeito e solidariedade humana aos pacientes e vai tornar mais dinâmica e eficiente a prestação dos serviços da Fundação Cecon com relação aos portadores de câncer, uma doença altamente degenerativa, nenhum paciente vai esperar mais sessenta ou noventa dias para realizar exames ou obter qualquer forma de tratamento”, diz Belão.
O projeto, conforme o líder do PP na Aleam, determina diretrizes, normas e critérios básicos para garantir igualdade de atendimento a todos os pacientes e facilitar a sua inclusão social. “O Estatuto dará às famílias a noção exata dos direitos dos pacientes oncológicos e ajudará na luta contra preconceitos e toda sorte de dificuldades que envolvem as pessoas doentes de câncer”, afirma o deputado.
Na opinião de Belão, a criação do estatuto, além da capital, repercutirá positivamente no interior do Estado onde é muito mais acentuado o drama dos pacientes com câncer, necessitados da assistência do poder público. Lá, analisa ele, é imprescindível atentar para uma série de relevantes questões, tais como alimentação e locomoção de pessoas a serem deslocadas até a capital.
DEPUTADO ESTADUAL BELARMINO LINS – PP
ASSESSORIA DE IMPRENSA
J TAKETOMI – 99223 6343

(15)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

}