Mais de 40 municípios do Estado do Amazonas já receberam sementes do Sistema Sepror

Os municípios do sul do Amazonas foram os primeiros a receberem sementes  de milho, arroz e feijão distribuídas pelo Governo do Amazonas para o fortalecimento da agricultura no interior do Estado. Em Humaitá (a 675 quilômetros de Manaus), a unidade local do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) já realizou a distribuição de sementes de milho da variedade Al Bandeirante.



A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), juntamente com a Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) e Idam, apresentou, em outubro, o plano de distribuição de sementes para os meses de 2018, visando atender a demanda inicial de agricultores familiares em todos os 62 municípios do Amazonas, por meio da entrega de 85 toneladas de sementes de milho, nas variedades BRS 106, BRS 4103, BRS Caimbé e Cativerde, além de 30 toneladas de arroz da variedade BRS Sertaneja e 28 toneladas de feijão da variedade BRS Guariba.

No ato da entrega das sementes os agricultores familiares recebem ainda instruções de manejo da cultura, para o alcance exitoso do cultivo do milho, arroz e feijão. Eles também recebem informações sobre o corrente edital do Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme), lançado em 08 de novembro, até 15 de janeiro de 2019.

Preme – Criado em 2004, o Preme é um programa que integra o conjunto de políticas públicas do governo estadual para o desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Amazonas. Instituído pela Lei Nº 3.454 de 10 de dezembro de 2009, cujo objetivo é substituir os gêneros alimentícios importados por produtos regionais, contribuindo para a interiorização do desenvolvimento e o resgate de hábitos alimentares saudáveis.

Segundo Airton Schneider, diretor de Assistência Técnica e Extensão rural do Idam, a distribuição das sementes vai representar uma grandeza incalculável, uma vez que há mais de quatro anos não existia essa politica no Estado. Um instrumento de produção de alimentos para consumo humano ou para os animais e os excedentes serem comercializados.

Na oportunidade, em nome da diretoria executiva do Idam, o diretor técnico parabeniza os extensionistas do Estado do Amazonas e todo Brasil pelo Dia Nacional do Extensionista, comemorado hoje (06). “O extensionista tem o importante papel de motivar e potencializar o processo produtivo e vivenciar a atividade familiar que lá se encontra, é ele que faz chegar informações das políticas públicas dos governos federal, estadual e municipal. A eles, o nosso glorioso abraço de gratidão”, declarou Schneider.

(2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *