Sepror e Ufam discutem parceria para formatação de um Estágio Rural

Uma reunião entre a Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror) e professores pesquisadores da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), nesta terça-feira (12/2), discutiu a formatação de um Estágio Rural, onde alunos da Faculdade de Ciências Agrárias receberiam bolsas para passar seis meses em campo.

A ideia surgiu com o objetivo de criar um estágio supervisionado, no qual seria ofertada uma bolsa para estudantes finalistas dos cursos de Ciências Agrárias atuarem em campo, nos escritórios do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas Idam. O secretário da Sepror, Petrucio Magalhães Junior, destacou que o estágio seria para universitários no último ano de curso, que seriam liberados para acompanharem os técnicos do Idam em campo.

Para o coordenador da FCA, Marco Antônio Mendonça, todos ganham com a iniciativa. “Ganham os alunos, a Ufam, o Estado e por fim, o produtor rural. Além de incentivar a formação e estimular o empreendedorismo no campo”, afirmou Marco Mendonça.

O secretário da Sepror também apresentou as ações prioritárias de governo para o setor primário e destacou que dentre elas, estão a aproximação e o diálogo com pesquisadores para a transferência de informações e tecnologia para o campo. “É preciso unir forças. E este é um processo permanente. Precisamos manter este diálogo”, ressaltou Petrucio Magalhães.

Apresentações – Durante a reunião vários pesquisadores apresentaram trabalhos voltados ao setor primário e que tem potencial para serem levados aos produtores rurais para o desenvolvimento do setor.

O professor e doutor José Ferreira, coordenador do Grupo de Pesquisa sobre Plantas Daninhas e Culturas Tropicais da Amazônia, enfatizou a importância histórica do evento, que teve tom informal. “Estou aqui na FCA há 40 anos e é a primeira vez que um secretário da Sepror vem aqui com toda a sua estrutura para este intercâmbio. Não adianta o trabalho ficar na gaveta. É preciso sair e ir para o campo”, afirmou o professor.

Uma nova reunião deve ser agendada para que os pesquisadores possam direcionar o “olhar acadêmico” para as 20 cadeias produtivas prioritárias que estão sendo projetadas pelo Sistema Sepror e dar o andamento prático das parcerias.

Presenças – Estavam presentes no encontro o secretário da Produção Rural, Petrucio de Magalhães Junior; a diretora-presidente do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), Eda Oliva; o diretor-presidente da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), Alexandre Araújo; o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Flávio Antony; o Secretário Adjunto de Política Agrícola, Pecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Seapaf), Airton Schneider; além do diretor da FCA, Marco Antônio Mendonça e professores da Faculdade.

FOTOS: Djalma Júnior

Assessora de Comunicação da Sepror: Mayana Tomaz (98121-5632)

(13)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com