Preso o suspeito de matar soldado da Aeronáutica

A Derfd), falou na manhã desta terça-feira (16/4), durante coletiva de imprensa realizada às 9h30, no prédio da unidade policial, sobre o cumprimento do mandado de prisão preventiva em nome de Arley Rodrigues Monteiro, 26, pela autoria de latrocínio que teve como vítima o soldado da Aeronáutica Leonardo Peres Marinho, que tinha 20 anos.


De acordo com a autoridade policial, o crime aconteceu no dia 4 de março deste ano, no período do Carnaval, durante uma banda de rua na avenida Rio Jutaí, Conjunto Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul de Manaus. Na ocasião, Arley e um outro infrator, conhecido como “Acerola”, em posse de uma faca, abordaram um grupo de amigos que estava no evento e exigiram que as vítimas entregassem os aparelhos celulares delas.


“No momento da ação criminosa, uma das vítimas reagiu ao delito e chegou a travar luta corporal com os infratores. Leonardo, em uma tentativa de defender o amigo, entrou na briga e acabou sendo atingido por um golpe de faca no tórax, desferido por Arley. O jovem ainda chegou a ser socorrido com vida. Ele foi levado ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, onde foi a óbito instantes depois. Por meio de investigações, identificamos Arley como o autor da facada. No entanto, as diligências irão continuar até encontrarmos ‘Acerola’, esse segundo indivíduo envolvido no crime”, explicou Torres.


Segundo o titular da Derfd, Arley cumpre pena em regime semiaberto no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), pela prática de roubo. Conforme Torres, o detento faz uso de tornozeleira eletrônica. O mandado de prisão preventiva em nome dele, por latrocínio, foi expedido no dia 12 de abril deste ano, pelo juiz Genesino Braga Neto, da 10ª Vara criminal.


“Após a expedição da ordem judicial, iniciamos as buscas e efetuamos a prisão dele na manhã de segunda-feira (15/4), por volta das 9h30, no beco Primeiro de Março, bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul da cidade. Faço um alerta à população, para que não reaja a qualquer tipo de roubo, pois essa é a motivação da maioria dos casos de latrocínio na cidade”, advertiu o delegado

(9)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com