Titular da Susam discute com representante do Ministério da Saúde abertura de ala para indígenas no Hospital de Combate ao Covid-19

Durante visita nesta segunda-feira (18/05) a municípios da região do Alto Solimões, na fronteira do Amazonas com a Colômbia e o Peru, a secretária de Saúde, Simone Papaiz, esteve reunida com o secretário especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Robson Silva. O objetivo da reunião foi tratar sobre a implantação de leitos para atendimento de pacientes indígenas infectados pelo novo coronavírus no Hospital de Combate ao Covid-19, em Manaus.

Desde domingo (17/05), Simone Papaiz está no interior do Estado, acompanhada do titular da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), participando da entrega de duas toneladas de equipamentos, como respiradores e insumos, aos municípios de São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga.

De acordo com a titular da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), que está acompanhada do secretário executivo adjunto de Assistência ao Interior do órgão, Cássio Espírito Santo, a Susam segue trabalhando na articulação para a abertura dos leitos para indígenas e, na reunião desta segunda-feira, apresentou ao secretário do Ministério da Saúde as necessidades para que sejam colocados em funcionamento.

“Discutimos com o secretário Robson a implantação de leitos de alta complexidade para a população indígena. Avançamos nessas discussões, apresentamos a necessidade de que o ministério nos envie 15 aparelhos respiradores, que possibilitarão a abertura dessas vagas no Hospital de Combate ao Covid-19”, explicou.

A secretária ressaltou que o Governo do Amazonas vem trabalhando nas articulações para expansão e que após a conversa de hoje, aguarda resposta do Ministério da Saúde sobre o envio dos equipamentos.

A abertura da ala para o atendimento de indígenas havia sido anunciada pelo secretário de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, em visita a Manaus no dia quatro de maio, acompanhando o então Ministro da Saúde, Nelson Teich.

Ida a outros municípios – A agenda de visitas da secretária de Estado de Saúde, Simone Papaiz, teve início no domingo, quando esteve no município de São Gabriel da Cachoeira. Na cidade, foram entregues oito ventiladores pulmonares e mais de 69 mil itens de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras descartáveis e N94, óculos de proteção, aventais, luvas, entre outros.

Nesta segunda-feira, a secretária começou o dia no município de Tabatinga, onde também foram entregues ventiladores pulmonares, dez no total, e 49 mil itens de EPIs. Na cidade, que faz fronteira com a Colômbia, Simone Papaiz visitou o Hospital de Guarnição, unidade referenciada para o atendimento de pacientes com Covid-19, além da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

“Esse hospital aqui, em Tabatinga, atende pessoas que vivem em outros nove municípios próximos, então, a chegada desses equipamentos, que foram entregues pelo Ministério da Saúde, é extremamente importante. A união das esferas estadual, federal e municipal é fundamental para que consigamos enfrentar a Covid-19”.

O secretário especial de Saúde Indígena, Robson Silva, falou sobre a vinda dos técnicos do ministério ao Amazonas e do envio de profissionais para Tabatinga. “O nosso objetivo foi trazer o apoio direto do Ministério da Saúde para as ações que já estão sendo implantadas pelo Governo do Estado e município. Está previsto, em até três semanas, o reforço com o envio de pessoal”.

A secretária também conheceu um bairro indígena, onde a entrada e saída de pessoas são controladas pelos moradores, como forma de evitar a contaminação pelo novo coronavírus. Após Tabatinga, ela esteve, ainda, no município de Benjamin Constant, que faz fronteira com o Peru, onde visitou o hospital da cidade.

Fotos: Arthur Castro/Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: