Adail Filho avalia e conclui que o Município de Coari fechará o 1° semestre de 2020 como o maior afetado em razão da diminuição de receitas no Estado do Amazonas

As receitas dos Royalties que o município de Coari recebe pela exploração de gás e petróleo em Urucu tiveram uma queda expressiva. Conforme os dados apresentados pela Secretaria Municipal de Fazenda e Administração, Coari perde 53% de suas receitas com os Royalties em comparação com o mesmo período de 2019 e acumula uma queda de 62% no 1⁰ semestre de 2020. De acordo com os gráficos comparativos abaixo, este resultado representa uma queda de 7,3 milhões em janeiro para 2,7 milhões em junho, sendo este, um dos menores valores já repassados para o município.

De acordo com o prefeito Adail Filho, o município fechará o 1° semestre de 2020 como o maior afetado em relação a diminuição de receitas no Estado do Amazonas. “Essa redução está causando um grande impacto financeiro por todos que se beneficiam da extração do petróleo, sobretudo Coari, por ser o maior produtor de óleo e gás natural do estado”, ressaltou.

Adail Filho destacou, ainda, que a administração municipal sente os impactos, porém vem fazendo uma gestão fiscal responsável com o auxílio de sua equipe técnica direcionada nas políticas públicas que atenda os anseios da população. “A Prefeitura de Coari é umas das poucas do interior do Estado que vem realizando uma série de ações e cumprimindo o cronograma de pagamentos dos servidores sem atrasos, muitas vezes até antecipando, como ocorreu nesse período da pandemia”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: