Covid-19: Prefeitura de Careiro Castanho vai pagar R$ 267 mil em bônus para servidores da saúde que atuam na pandemia

A prefeitura de Careiro Castanho (distante 88 quilômetros em linha reta de Manaus) anunciou o pagamento de um bônus para todos os profissionais municipais da área de saúde. Com a medida, o executivo vai injetar R$ 267 mil reais a mais na economia do município, além de motivar os trabalhadores que estiveram na linha de frente no combate ao Covid-19.

De acordo com o prefeito Nathan Macena, 474 funcionários irão receber o bônus que começou a ser pago nesta quinta-feira, 25 de junho. Segundo eles, todos os profissionais que atuam na saúde receberão a bonificação no salário. “Toda a nossa equipe da linha de frente receberá um valor a mais este mês, seja pessoal dos serviços gerais, técnicos de enfermagem, enfermeiros, dentistas que atuaram no combate, vigias e Agentes Comunitários de Saúde”, disse.

Segundo ele, a medida é uma forma de reconhecimento pelo esforço de toda a equipe de saúde no enfrentamento da pandemia em Careiro Castanho, que já registrou mais de 900 casos de Covid-19. “Eles são verdadeiros heróis e os grandes responsáveis por nos manter seguros. Merecem esse reconhecimento da nossa parte e espero que esse recurso ajude a todos”, completou o prefeito. 

Medidas – Entre as medidas adotadas para diminuir a proliferação da doença, a prefeitura municipal decretou o fechamento total da cidade, criando barreiras sanitárias nas entradas da cidade. Também foi decretado o fechamento do comércio não essencial, com as ruas sendo higienizadas diariamente.

“Com o primeiro caso confirmado de Covid-19, estabelecemos dias restritivos para cada comunidade ter o transporte público liberado para a vinda à sede do Careiro. Para proteger à população fizemos a aquisição de 40 mil máscaras caseiras produzidas por mais de 10 costureiras do município que tiveram oportunidade de emprego e renda, além da distribuição de 10 mil frascos de álcool em gel. Tivemos de agir rápido e iniciar nossas medidas bem antes de detectar o primeiro caso”, afirmou o prefeito Nathan Macena.

Segundo o gestor, entre os equipamentos adquiridos para o Hospital Regional da cidade estão ventiladores mecânicos não invasivos, duas ambulâncias, um aparelho de raio-x móvel, dois concentradores de oxigênio, 20 termômetros digitais infravermelhos, além de 15 oxímetros digitais entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: