Belarmino Lins descarta candidatura a presidente ou relator da Comissão Especial do Impeachment

Integrante da Comissão Especial que vai analisar a questão da admissibilidade do processo de impeachment contra o governador Wilson Lima (PSC) e do vice-governador Carlos Almeida (PTB), na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Belarmino Lins (Progressistas) descartou qualquer possibilidade de se candidatar ao cargo de presidente ou relator da Comissão.
“Na condição de parlamentar com maior idade no Poder, presidirei a reunião de terça-feira (14) para a escolha de presidente e relator da Comissão Especial do Impeachment. Mas, declaro, de maneira categórica, que não serei candidato nem a presidente e nem a relator”, declara o líder progressista.
“Acredito que essa missão da mais alta responsabilidade e equilíbrio terá que ser desempenhada por deputado com maior disponibilidade de tempo e menor risco em razão da pandemia do novo coronavírus”, detalha o parlamentar, acrescentando: “Eu, como o deputado Serafim e a deputada Therezinha Ruiz, nos encontramos num quadro de parlamentares membros de um grupo de risco. Consequentemente, haverá ocasião em que teremos que estar presentes ou participando, mas virtualmente”.
Como membro da Comissão Especial representando os progressistas, Belarmino Lins reitera não estar sob cogitação sua candidatura nem para presidente e tampouco para relator da Comissão. “Vou, sim, votar para eleger o presidente e o relator, com isenção e responsabilidade sobre o que se está fazendo ou o que se vai fazer na Comissão Especial que objetiva analisar o processo de impeachment do governador e do vice-governador”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: