Desespero da oposição em Rio Preto da Eva pode gerar processo

A oposição ao prefeito Anderson Sousa, em Rio Preto da Eva, perdeu o direcionamento político e a responsabilidade com a campanha eleitoral prestes a iniciar. Tanto, que passou a jogar notícias falsas na mídia (Fake News), baseando-se unicamente em uma postagem na página pessoal do internalta Rafael Sol de Rio Preto da Eva RPR.

Rafael, provavelmente, não leu a Lei assinada pelo prefeito e ‘chutou’ os acréscimos nos salários do executivo municipal e fez uma postagem mentirosa sem fundamentação nenhuma.

O Projeto de Lei nº 009, de 03 de setembro de 2020, apenas fixa os subsídios do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais, procurador, subprocurador e chefe de gabinete de Rio Preto da Eva para o mandato entre 2021 a 2024.

Notícia falsa publicada por Rafael

Portanto, o decreto desmente a oposição que, por irresponsabilidade, propagou fake news nas mídias. O fato caracteriza crime e levará o prefeito Anderson Sousa a tomar as providências judiciais cabíveis, penalizando quem publicou e distribuiu suposto aumento salarial de cargos da Prefeitura de Rio Preto da Eva.

Essa é a notícia verdadeira

“O decreto está claro, não houve aumento, mas sim, fixação de salários dos servidores municipais. Foi uma fake news distribuída por pessoas irresponsáveis que são da oposição. Mas todas as medidas para punir quem fez isso já foram providenciadas nos órgãos judiciais”, disse o prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Sousa.

Candidato à reeleição, Sousa tem mais de 60% das intenções de votos dos eleitores. Ele também figura entre os prefeitos mais atuantes do Amazonas, tendo recebido recursos de diferentes parlamentares e aplicados em obras e demais investimentos em Rio Preto da Eva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: