Juíza deferiu o registro da candidatura de David Almeida

A juíza Margareth Rose Cruz Hoaegen, titular da 1ª Zona Eleitoral de Manaus, deferiu o registro da candidatura de David Almeida (Avante), da coligação Avante Manaus. A partir de agora, o candidato a prefeito e o vice Marcos Rotta (Democratas) estão aptos a disputar nas eleições de 15 de novembro. A atualização foi feita no último dia 17 de outubro.

Com isso, a candidatura de David aguarda apenas a homologação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o que deve acontecer já nos próximos dias.

A manifestação oficial do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) sobre a candidatura do representante da coligação, que reúne sete partidos – Avante, Democratas, PRTB, PMB, PTC, PV e PROS -, pode ser encontrada no Mural Eletrônico da Corte Eleitoral amazonense.

Em sua manifestação sobre o registro da candidatura de David Almeida, a juíza Margareth Rose Cruz Hoaegen destaca que “foram preenchidas todas as condições legais para o registro pleiteado e não houve impugnação”.

Ela destaca, ainda, que o pedido “veio instruído com a documentação exigida pela legislação pertinente e, publicado o edital, transcorreu o prazo sem impugnação”. “As condições de elegibilidade foram preenchidas, não havendo informação de causa de inelegibilidade”, ressaltou a juíza.

David disse que a resposta da Justiça Eleitoral à sua candidatura ao lado de Rotta é o reconhecimento legal de que tudo está sendo feito dentro da legislação eleitoral. “Nós buscamos sempre a legalidade do processo. E é assim que começamos a trabalhar nesse momento em que a democracia abre espaço para apresentarmos os nossos nomes e as nossas propostas pela nossa cidade”, disse o candidato da coligação Avante Manaus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: